Farol do Forte do Cavalo


O farolim do Forte do Cavalo está situado num antigo forte denominado de S. Teodósio cuja construção se iniciou em 1648 e terminou em 1652.

As obras para instalação e montagem do farolim começaram a 12 de Novembro de 1895, sendo utilizado o local da Bateria Alta do Forte para a colocação do farolim e habitação dos faroleiros.

No dia 15 de Setembro de 1896, começou a funcionar no fortim da ponta do Cavalo, extremo oeste da baía de Sesimbra, um farol de luz fixa vermelha.

A óptica deste farol era dióptrica-catadióptrica de Fresnel de 6ª ordem. Estava montada a 6 metros de altura, numa torre cilíndrica de ferro, pintada de branco com as nervuras de reforço verticais em cinza (A.N. nº 1170 de 1896). A fonte luminosa era constituída por um candeeiro de 2 torcidas de reservatório inferior.

Actualmente o aparelho óptico é constituído por uma óptica dióptrica-catadióptrica de Fresnel, fixa, de 5ª ordem (187,5 mm distância focal), sendo a altura da torre de 7 metros e a altitude de 35 metros.

De Março de 1916 a Dezembro de 1918, o farol esteve apagado por razões militares devido à 1ª Guerra Mundial.

A característica do farol foi modificada para luz fixa branca com ocultações regulares em 1927. Tinha um dispositivo mecânico de relojoaria para movimento do aparelho.

Em 14 de Fevereiro de 1940 o Ministério da Guerra entrega ao Ministério das Finanças o forte de S. Teodósio e terreno adjacente, e, no mesmo acto, o Ministério das Finanças entrega ao Ministério da Marinha a parte ocupada pelo farol.

Em 28 de Abril de 1953 passou a utilizar o gás como fonte energética.

Em 1959, a torre do farol que era branca foi pintada de vermelho.

O farol foi electrificado em 1972 com energia da rede pública.

Foi remodelado e automatizado em 1983, passando a utilizar lâmpadas de halogéneo, com cambiador.

LocalForte de S. Teodósio, Sesimbra
Coordenadas38° 26' 5.823"N, -9° 7' 0.3036"W
Altura7 m
Altitude35 m
LuzOc W 5s
Alcance14 M
Optica5ª. Ordem - 187,5mm
Ano1896